Tu es o responsável por criar a tua sorte

Tu es o responsável por criar a tua sorte

August 17, 2018

Quantas vezes já olhaste para algo que uma pessoa alcançou e te perguntaste porque não tens a mesma sorte.

Assim como qualquer outro ser humano, já me fiz essa pergunta várias vezes e por vezes em busca desta resposta acabava ficando desanimado e desmoralizado.

A procura da resposta sobre o porquê de eu ter menos sorte que as outras pessoas me levou a começar a estudar profundamente sobre pessoas que admirava.

Houve tempos em que era obcecado pelo Steve Jobs, Elon Musk e Bill gates. Passei horas a ler e a ver material que me pudesse dizer o máximo sobre eles desde hábitos, rotinas, como pensavam, como as pessoas olhavam e falavam sobre eles.

Não só estudei estas figuras como também personagens de filmes como o Tony Stark. Neste exercício que faço até hoje, consegui aprender várias coisas mas o que considero como mais importante foi ter feito duas descobertas:

  • Estas pessoas realmente tem muito mais sorte do que eu.
  • Estas pessoas criaram a sua própria sorte.

Apesar de algumas das pessoas que admiro serem extremamente inteligentes e talentosas, Se nada fizerem para criar a sua própria sorte, não conseguiram alcançar nem metade do que conseguiriam se tivessem feito a coisa certa.

Antes de falar sobre criar sorte, vou deixar ficar a minha definição de sorte. Para mim sorte, significa estar no lugar certo e no momento certo. Quando falo do “estar” nesta   não me refiro só a tua presença fisicamente mas sim por meio de pensamentos, objecto ou algo feito por ti.

Sabendo da definição acima, criar sorte não é muito complicado e para mim pode o processo pode ser decomposto em uma fórmula muito simples:

      1. Trabalhe e duro e torne-se muito bom em algo
        Um dos maior problemas que faz com pessoas sintam que não tem sorte e o simples facto de nunca se darem tempo para explorar algo de forma profunda. Como escrevi num dos artigos, é importante experimentar várias coisas mas no momento que encontrares algo que achas que podes ser melhor ou gostas de fazer, invista tudo que puderes para ficar o melhor.

      2. Crie e mostre ao mundo
        Crie e mostre ao mundo sobre o que tu podes fazer. Várias pessoas acham que só podem começar a criar e partilhar sobre algo no momento que ficarem experts. As pergunta que te faço agora são  “quem determina quando tu és expert?” e “Como essa pessoa determina que es expert?”.  

      3. Não precisas esperar validações do mundo para mostrar algo que criaste, isto porque no início vais ser  tão mau, ninguém te conhece e o máximo que vai acontecer e não teres uma pessoa sequer a ver o que vais expor.
      4. Caso alguém veja, por mais que na pior das hipóteses faça um comentário pejorativo, alguma coisa vais aprender e poderás aprender sobre como melhorar nas iterações seguintes. O meu primeiro post sobre desenvolvimento de Android não foi lido por ninguém e hoje tenho no medium mais de 10mil visualizações por mês.

  1. 3.Procure conhecer pessoas
    Saia para  conhecer pessoas. Existem  várias formas de conhecer pessoas e pessoalmente já conheci várias pessoas em Aeroportos, cafés etc etc.
  2. A forma mais prática de começar a conhecer pessoas e ir para encontros sobre tópicos que te interessam. Não precisam de ser necessariamente a  área do teu domínio mas qualquer coisa que te interessa.
  3. Quando estiveres nestes lugares, não fique só sentado, procure conversar com as pessoas e tente aprender mais sobre o ser humano que está à tua frente. De certeza que tens de falar sobre ti, e a não ser que te tenham perguntado não deves  tornar esta conversa num pitch.

    4.Procure Ajudar Pessoas: A medida que vais conhecendo pessoas, procure perceber como as podes ajudar com o que fazes. Se conheceste alguém com um problema interessante e tens as habilidades para ajudar a resolver, voluntarie-se a ajudar a pessoa. Isto vai ajudar a fortalecer a relação com a pessoa e ajudar-te a melhorar as tuas habilidades.
  4. 5. Repita o processo.
  5. Olhando para estes 5 passos, deu  para notar que o processo é muito simples mas apesar dessa simplicidade toda, é muito difícil de seguir pois tendemos a querer saltar os passos e não ter paciência de deixar cada um desses passos levar o se tempo.

    Se olhares para este processo podes conseguir notar que é um padrão em vários negócios que foram criados em que o primeiro passo os fundadores ganham conhecimento profundo sobre uma tecnologia/área/mercado, de seguida começaram a criar vários projectos experimentais para testar o seu conhecimento.

    Como forma de entender melhor sobre o que estavam a fazer começaram a procurar várias pessoas que lhes pudessem ensinar algo e pessoas que elas pudessem ajudar com os conhecimentos ou produto/serviço que tem.

    A medida que vão conhecendo e ajudando estas pessoas, ganham informação sobre o que poderia se fazer melhor e voltaram a repetir o processo começando por melhorar o produto/negócio.

    O que acontece ao longo do tempo é que estas interações bem feitas começam a fazer com que as oportunidades não só sejam criadas por quando estás fisicamente presente em um lugar, mas pelo trabalho que expuseste e a boa relação de trabalho que tiveste com as pessoas.

    Vai chegar uma altura que vais ter várias oportunidades porque encontraram o teu trabalho em algum sítio ou receberam indicação de uma pessoa que conheces que pode ou não ter trabalhado contigo.

    Se tiveres que lembrar 4 coisas sobre este post:

    • Trabalhar e  ficar muito bom é o mais importante.
    • Criar e experimentar com esse conhecimento/habilidades é a segunda coisa importante.
    • Conhecer pessoas e ajudá-las a resolver os seus problemas com as habilidades que tens vai ajudar a amplificar o número de oportunidades ou Sorte que podes vir a ter no futuro.
    • Vai levar tempo até que a roda possa girar e talvez só daqui a um ou 2 anos vais te aperceber de coisas muito grandes que estão a acontecer na tua vida só porque conseguiste repetir este processo em uma escala menor todos os dias, semanas e meses.




    Leave a comment