Solitude != Solidão

Solitude != Solidão

August 15, 2018 3 Comments

Qual foi a última vez que estivesse sozinho? Não falo da última vez que estiveste num sítio sem um outro ser humano ao teu lado mas a última vez que estiveste sem nenhuma outra pessoa e sem qualquer outra coisa para além dos teus pensamentos?

Porque memórias, ideias, pensamentos, sentimentos, aparentam aparecer de forma “espontânea”, maior parte das pessoas vive no banco de passageiro da sua própria vida e assiste factores externos decidirem a direcção da mesma.

Assim como respirar, consideramos a relação que temos com a nossa mente como garantida e quando realmente precisamos que ela funcione nunca está lá para nos.

Na área de negócio, e normal as pessoas pararem para pensar sobre uma ideia de negócio quando se encontram sem dinheiro ou são motivadas por algum outro negócio que foi bem sucedido.

No fim estas pessoas sempre acabam frustradas por não encontrar uma boa ideia de negócio e acham que nao sao capazes de criar nenhum negócio. O mesmo acontece com pessoas que estão a procura de um emprego, parceiro(a) ou solução para um problema qualquer.

Isto acontece porque  fazemos perguntas a nossa mente e nunca ficamos a espera de ouvir a resposta de forma clara.

A única forma de poder obter estas respostas que a nossa mente tem para nos consistem aprender a ficar num estado de Solitude.

Para estar em solitude, tens de dedicar tempo para ficar sozinho, sem nenhuma distração e focado a ter uma conversa contigo mesmo.

Não sei sobre ti, mas eu tenho varias personalidades. Com várias personalidades falo das diferentes vozes na minha mente que ditam como faço e vou agir em determinadas situações.

Por exemplo: Existe uma versão de mim que é totalmente inconsequente e é propensa a correr riscos, uma outra nem por isso e é muito cautelosa.

Em várias situações da minha vida precisei de uma ou da outra e na altura como não sabia quais eram as motivações que me levavam a seguir o que uma me dizia ao invés da outra acabei tomando más decisões.

Antes mesmo de investigar sobre o tópico, descobri este estado por acaso enquanto fazia uma corrida de 6km. Durante essa corrida, não tinha auriculares, não tinha o meu telemóvel e só tinha na minha cabeça a rota que deveria correr.

A medida que ia correndo, notei que após ajustar a respiração ao passo em que corria, a minha mente começou a ficar vazia e as ideias mais claras e fáceis de seguir.

O mais interessante é que estas ideias e soluções para alguns problemas que tinha não eram novos conceitos e por acaso eram coisas que já tinham me passado pela cabeça mas não com tanta clareza e detalhes como naquele momento.

Depois de ter acedido a essa parte da minha mente, fiquei com vontade de repetir a corrida e como consequência dessa experiência comecei a correr diariamente.

Falei deste momento com algo glorioso para criar novas ideais mas na verdade funciona para tudo que passa nossa cabeça, desde digerir notícias tristes, zangas ou simplesmente ficar a saber mais sobre ti.

Hoje em dia em que todos os nossos amigos e informação sobre a vida deles e fácil de aceder pelo telemóvel, esquecemos de dedicar tempo para nós mesmo e muitas das vezes acabamos ficando com medo de estar sozinho. Isto porque associamos o facto de estar sozinho a solidão.

Quando mudei-me para o Canadá, um dos meus maiores medos sempre foi de voltar para casa e ficar sozinho sem ninguém para conversar. Apesar de ser importante e sentir saudades de todas as pessoas importantes para mim, esses momentos em que estou sozinho começaram a ficar normais e comecei a apreciar a minha própria companhia.

Deixei de sentir solidão e passei a sentir solitude. Em outras palavras deixei de ficar triste e comecei a ficar feliz por ter a oportunidade de estar só com os meus pensamentos.

Existem varias formas de aprender a ficar em Solitude. Se esta a primeira vez que ouves sobre isto e não sabes por onde começar, existem várias formas simples  como:

  • Sair para caminhar sozinho: Saia para caminhar sozinho sem nenhum dispositivo ou direcção. 10 a 15 minutos por dia são suficientes. Quando faço isto costumo ter o objectivo de dar uma ou duas voltas ao quarteirão
  • Ficar confortável num lugar que gostas: Seja em casa ou um outro lugar, dedique 10 a 15 minutos do teu dia para estares só com os teus pensamentos. Um dos meus lugares favoritos em Maputo era um dos bancos do Miradouro e ficava sentado ali por horas sem estar a fazer nada.
  • Aprender a meditar: Existem várias práticas de meditação e todas têm o mesmo objectivo, ajudar a acalmar a actividade da tua mente e fazer com que possas comunicar-se com ela com clareza.

A pergunta que acredito que deves ter agora, é sobre o que pensar nestes momentos.
Infelizmente não tenho a resposta certa pois cada um tem uma mente totalmente diferente, problemas, objectivos e personalidades diferentes e não existe uma técnica que funcione para todos.

Na maioria das vezes durante estes momentos que estou a caminhar,correr ou num lugar sem fazer nada, costumo ter um tópico que escolho para refletir e explorar todos os pensamentos possíveis e perguntas relacionadas . Se por exemplo tive um dia em que agi de uma forma não ideal, paro para perceber sem nenhum julgamento sobre as causas que me levaram a ter uma determinada atitude. Já descobri várias vezes que a resposta não estava relacionada ao dia mas uma experiência muito antiga que me marcou e de forma inconsciente fazia-me agir de certa forma.

Nem todos dias tenho um problema ou ideia para explorar, as vezes começo a caminhar concentrado no movimento que estou a fazer ao mover cada pé  e quando dou por mim a minha mente já está a falar-me sobre novas ideias ou soluções para problemas que estava a tentar resolver a dias, semanas e às vezes meses.

Vais descobrir que estás a fazer um bom trabalho de comunicar-se e manter uma boa relação contigo mesmo quando conseguires sair para o cinema, teatro ou comer fora sozinho sem que sintas um vazio na tua vida.

Escrevo este post antes de sentar na sala e  simplesmente pensar em como foi o dia e nas coisas boas que aconteceram. Talvez descubra formas de melhorar  o dia de amanhã, talvez encontre uma nova ideia escondida nalguma passagem do dia ou talvez não encontre nada e simplesmente terei a oportunidade de ouvir sobre como foi o dia na perspectiva das diferentes partes da minha mente.

Se achas que é importante estar sozinho e tens uma forma que achas que funciona para ti, gostaria de ouvir de ti na secção dos comentários pois acredito que sempre existe uma forma nova e criativa de melhorar a comunicação que tenho comigo mesmo.

Foto por: Mathew Henry  - burst.shopify.com

 

Livro do Dia: 

Search Inside yourself - Chade-Meng Tan



3 Responses

Anselmo Alexandre
Anselmo Alexandre

August 15, 2018

Solitude é a melhor coisa que descobri em mim…dedico para isto todos os dias 10 a 20 minutos, onde fico somente a falar comigo mesmo, refletindo sobre ideias que tenho, maneiras de solucionar problemas que tenho a dias, como foi o dia, e o que possivelmente farei no dia de amanhã…e penso que tudo mundo devia sim praticar isto pois ajuda na nossa maneira de pensar, agir…

Inércio Bélton
Inércio Bélton

August 15, 2018

Também acho que é extremamente importante ter um tempo dedicado a nós mesmos.. Particularmente, tenho feito isso por meio da meditação ou simplesmente sentando em lugares agradáveis fazendo vários “nada” sucessivos lol.

Gosto da série de artigos, é bem top 👌🏽. Existe uma newsletter em que posso me subscrever?

jose cabicho
jose cabicho

August 15, 2018

Bom dia,
acho que é importante estar sozinho e estou buscando este hábito com a corrida e a meditação,
contudo ainda não tenho feito diariamente.

Leave a comment