Competências > Confiança > Oportunidades

Competências > Confiança > Oportunidades

August 02, 2018

A umas semanas atrás, acabei de ler o livro “Thinking in System” de Donella Meadows. Este Livro ganhou um lugar especial na minha biblioteca na lista  dos melhores 5 livros que já li até agora.

Sou Engenheiro informático de profissão e devo confessar que como programador, a palavra “Systems” no título do livro foi factor mais decisivo para que comprasse o livro após ouvir  por alto a recomendação de alguém.

Para a minha surpresa, o livro não é necessariamente sobre engenharia, mas sim sobre uma definição de sistemas que é mais abrangente a todas áreas de vida.

De acordo com o livro, um sistema  é um conjunto de “entidades” interligadas com o fim de alcançar um objectivo de acordo com um conjunto de parâmetros/regras.

Uma equipe de futebol é um sistema em que as entidades(os jogadores) trabalham juntos com o objectivo de ganhar o jogo de acordo com a regras do jogo de futebol(Só se joga com os pés, fora de jogo, etc)

O exemplo da equipe de futebol é muito fácil de entender pois a maioria de nós entende as regras do funcionamento  do jogo de futebol. Se mudarmos um dos 3 componentes do “Sistema” jogo de futebol, o sistema irá comportar-se de forma diferente ou simplesmente transformar-se em um outro sistema (Um outro jogo). Mudar um dos componentes do sistema pode o afectar da seguinte forma:

  • Mudar os jogadores de uma equipe (“entidades”), não mudará  objectivo de um jogo de futebol e nem as regras do jogo. A curto prazo a equipe pode ter problemas em alcançar o seu objectivo de forma eficiente mas ao longo do tempo poderá voltar ao normal.
  • Mudar as regras do jogo pode ou não trazer grandes consequências ao sistema dependendo da regra que for modificada. Por exemplo a regra de “fora de jogo” pode mudar um pouco sem modificar o objectivo do jogo.
  • Mudar o objectivo do jogo teria um grande impacto no sistema e no final definitivamente não teríamos um jogo de futebol.

Falei um pouco sobre esta forma de modelar as coisas à nossa volta olhando-as como sistemas porque ajudam a dar clareza a tópicos que são considerados muito complicados. E porque a nossa vida é algo extremamente complicado, acredito que aprender esta disciplina seja uma das coisas mais importantes para qualquer pessoa que queira e tenha vontade de colocar tempo e esforço para ter uma vida melhor.

Tive a honra de poder falar em várias apresentações e no fim algumas das perguntas frequentes costumam ser: O que devo fazer para atingir sucesso em uma determinada área? Como devo fazer? Como devo começar?

Até a um tempo atrás respondia de forma emocional contando o que funcionou para mim. A a história é  possivelmente inspiradora mas não oferece nenhum processo formal e passos a seguir.

Logo depois de aprender sobre esta nova forma de olhar para o mundo, parei para pensar e consegui modelar todo o processo num sistema representado pelo diagrama abaixo:


Para interpretar o diagrama acima,  é preciso entender o significado das setas e das letras. Sendo assim:

  • As setas representam causa e o  efeito que um elemento/entidade tem sobre o outro.
  • As setas estão representadas num sentido para tornar o diagrama mais fácil de entender mas também podem ser interpretadas no sentido oposto.
  • As letras S  e O  representam Suporte  e  Oposição  respectivamente.
  • A ligação de um elemento para o outro com a seta e uma letra pode ser interpretada da seguinte forma:
    O crescimento/declínio de X suporta/opõe o crescimento/declínio de Y.

Interpretando o sistema representado no diagrama cima, vamos começar assumindo que neste momento tens o nível de competências 0.

O sistema acima mostra que o nível de competências  é directamente proporcional a taxa de aprendizado como mostra a seta da taxa de aprendizado em direção ao nível de competências com a letra S.

Isto significa que quanto mais rápido vais aprendendo, maior será o teu nível de competência.

Por sua vez, o nível de competência também influencia de forma directa e proporcional no nível de confiança. A medida que o nível de confiança aumenta vais produzir mais do que te deixa confiante.

Produzir mais do que te deixa confiante vai aumentar a exposição ao mundo/mercado.

Essa exposição por sua vez será responsável por criar oportunidades para ti.

A abundância de oportunidades na tua vida vai fazer com que te sintas mais confiante e repetir este ciclo que te fará crescer.

Na teoria, este ciclo irá repetir-se e crescer de forma infinita. Na realidade, existem vários factores que influenciam este sistema e fazem com que este ciclo não cresça de forma exponencial para o infinito.

Porque a idea era deixar o sistema simples, considerei o Acesso a recursos e a Complexidade de tópicos como dois factores que influenciam no ciclo mas encontram-se fora do mesmo.

Para o caso de acesso aos recursos, quanto menos acesso aos recursos temos(preço, disponibilidade) a taxa de aprendizado também irá diminuir. E como a partir da taxa de aprendizado todas as ligações reforçam as outras teremos o ciclo que descrevi antes a ir na direcção oposta à do crescimento desejado.

No segundo caso, quanto maior for a complexidade, menor será a nossa taxa de aprendizado e quanto menor a taxa de aprendizado todo o sistema irá na direção oposta.

Por exemplo, se o teu objectivo é de começar a fazer programas de computador para trabalhar em uma empresa como o Google, podes utilizar o sistema e introduzir as variáveis certas para tentar entender como o teu caminho para atingir o objectivo será.

Se nao tens nenhum conhecimento de programação, a tua taxa de aprendizado será baixa e consequentemente não terás as competências nem a confiança para poder fazer trabalhos que vão atrair ou te expor diante da empresa. Entretanto, à medida que vais  ajustando  outros factores como garantir que tens a mais acesso a  recursos como videos, mentores tua taxa de aprendizado vai aumentar e o que acontece a seguir e uma história  com um final feliz :)

Como forma de terminar este artigo, gostaria que pegasses neste sistema e o melhorasses adicionando todos elementos que achas que influenciam tanto positivamente ou negativamente no sistema para que te ajude a atingir os teus objectivos.

Se pensas em aprender mais sobre a disciplina de pensar em forma de Sistemas, recomendo o livro “Thinking In Systems: A primer” para que comeces a melhorar as tuas competências e possas ter a confiança suficiente para poderes criar outros sistemas que te vão ajudar de acordo com os teu potencial.


Ate a próxima :)



Leave a comment